« Voltar

09/09/2013

Pagamentos de indenizações do Seguro DPVAT sobem 38%

Indenizações por invalidez permanente saltam 51% no primeiro semestre do ano em relação ao mesmo período de 2012

O Seguro DPVAT pagou quase trezentas mil (299.290) indenizações no primeiro semestre de 2013. Essa quantidade representa um crescimento de 38% de pagamentos, perante o total realizado nos primeiros seis meses do ano passado. Enquanto o número de mortes caiu 3%, as indenizações por invalidez permanente saltaram 51% e chegaram a 215.530 pagamentos em todo o Brasil. O levantamento foi realizado pela Seguradora Líder DPVAT, administradora do seguro no País.

As motocicletas continuam na liderança das estatísticas do Seguro DPVAT. Os acidentes envolvendo o veículo de duas rodas representaram 72% de todas as indenizações pagas pela Seguradora Líder DPVAT no semestre. A alta incidência de acidentes nesta categoria, apesar de as motos corresponderem apenas 27% da frota nacional, já vinha sendo apontada nos estudos anteriores da Seguradora. Os automóveis, que superam 60% da frota, foram responsáveis por 23% dos benefícios pagos.

Entre os casos de invalidez permanente, 76% foram em decorrência de acidentes com motocicletas. Essa categoria de veículo, também, é responsável pela maioria dos pedidos de reembolso de despesas médicas e hospitalares (DAMS) com 69%. Já os automóveis foram os causadores da maioria das indenizações de morte, 46% do total.

De acordo com o levantamento, 76% das vítimas eram homens. Os jovens, na faixa de 18 e 34 anos entre homens e mulheres, representam 51% dos benefícios pagos no semestre. A maior incidência de vítimas foram os motoristas, 60%, e dentre estes, 54% foram do sexo masculino. Os pedestres foram as vítimas de 23% de todas as indenizações pagas.“O número de indenizações por invalidez permanente é algo que chama atenção. Os jovens motociclistas, principalmente de 18 a 34 anos, têm um risco grande de se acidentarem e muitos ficam com uma invalidez permanente. Várias ações precisam ser somadas para mudar essa tragédia nas ruas, como campanhas educativas, incentivo ao uso de equipamentos de proteção, fiscalização, conscientização dos motoristas e dos pedestres, além da melhoria da mobilidade urbana das cidades”, analisa Ricardo Xavier, diretor-presidente da Seguradora Líder DPVAT.

Para contribuir com o acesso de toda a população ao Seguro DPVAT, a Seguradora Líder DPVAT consolidou uma parceria com os Correios. Em junho deste ano, todas as agências próprias passaram a receber os pedidos de indenização, de forma gratuita. Com esta medida, são mais 7,4 mil pontos espalhados em todo Território Nacional, entre Seguradoras Consorciadas, Sindicato dos Corretores de Seguros, Corretor Parceiro e Correios.

Números preocupam. Atenta ao constante crescimento do número de indenizações do Seguro DPVAT pagas a motociclistas, a Seguradora Líder DPVAT, em parceria com o Observatório Nacional de Segurança Viária, criou um vídeo explicativo sobre o cuidado com a frenagem no veículo. Este é um importante item de segurança que muitas vezes não é utilizado corretamente e pode ajudar a reduzir acidentes. O conteúdo é gratuito e pode ser acessado através do endereço: https://www.youtube.com/watch?v=qhZlnPsm0XU.

A Seguradora Líder DPVAT também realiza campanhas explicativas levando à população brasileira informações sobre este direito, além de buscar parcerias como a realizada com os Correios, a fim dar capilaridade ao Seguro em todo o Território Nacional.

Perfil. O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, mais conhecido como Seguro DPVAT, existe desde 1974. É um seguro de caráter social que indeniza todas as vítimas de acidentes de trânsito no Brasil, sem apuração de culpa, seja motorista, passageiro ou pedestre. O Seguro DPVAT oferece cobertura para três naturezas de danos: morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares (DAMS).

A atual responsável pela administração do Seguro DPVAT é a Seguradora Líder-DPVAT, que tem o objetivo de assegurar à população, em todo o território nacional, o acesso aos benefícios do Seguro DPVAT. Com esta diretriz, a Seguradora consolidou em junho de 2013 a parceria com todas as agências próprias dos Correios do País, ampliando, ainda mais, o número de pontos de atendimento.

O diretor presidente da Seguradora Líder DPVAT, Ricardo Xavier, explica que o procedimento para o recebimento do seguro pelas vítimas de trânsito é simples e gratuito, e alerta para o fato de que não é necessário intermediário para dar entrada no pedido de indenização. “Para ter acesso ao benefício, basta apresentar os documentos no ponto de atendimento escolhido no prazo de três anos a contar da data da ocorrência do acidente. Em caso de dúvidas, dispomos de um site com a relação completa de locais de atendimento e os documentos necessários para solicitar cada tipo de indenização,” afirma.

O pagamento da indenização é feito em conta corrente ou poupança da vítima ou de seus beneficiários, em até 30 dias após a apresentação da documentação necessária. O valor da indenização é de R$ 13.500 no caso de morte, de até R$ 13.500 nos casos de invalidez permanente, variando conforme o grau da invalidez, e de até R$ 2.700 em caso de reembolso de despesas médicas e hospitalares comprovadas.

Os recursos do Seguro DPVAT são financiados pelos proprietários de veículos, por meio de pagamento anual. Do total arrecadado, 45% são repassados ao Ministério da Saúde (SUS), para custeio do atendimento médico-hospitalar às vítimas de acidentes de trânsito em todo País, na rede pública e conveniada. 5% são repassados ao Ministério das Cidades, para aplicação exclusiva em programas destinados à educação e prevenção de acidentes de trânsito. Os demais 50% são voltados para o pagamento das indenizações.

 

Serviço:

Site DPVAT: www.dpvatsegurodotransito.com.br

SAC DPVAT – 0800 022 12 04 - Todos os dias da semana, 24h por dia.

 

Fonte: Federação Nacional de Seguros Gerais

Link: http://www.cnseg.org.br/fenseg/servicos-apoio/noticias/pagamentos-de-indenizacoes-do-seguro-dpvat-sobem-38.html